Vai casar? Então saiba que a organização é imprescindível para que o seu casamento ocorra como o esperado e os noivos não enlouqueçam até que chegue o grande dia. Veja a primeira parte do planejamento de casamento e organize a sua agenda e compromissos com relação ao casamento.

 

-> Planejamento de casamento – 8 a 12  meses antes 

As alianças

Procure uma loja que você já conheça, alguma recomendada ou até mesmo um ourives. O modelo da aliança depende da personalidade do casal, mas o modelo clássico nunca sai de moda. Os tipos mais chamativos podem sair de moda rapidamente. Siga o seu coração e escolha algo que você goste e que esteja adequado ao orçamento do casal.

planejamento casamento

Lista de prioridades e orçamento

É importante que o casal estabeleça uma lista de prioridades e divida com quem vai “patrocinar” a festa, se for o caso. Comece fazendo uma lista com tudo o que não pode faltar no seu casamento, depois passe para os itens essenciais e depois coloque os “ítens de luxo”.

Em seguida, sabendo o quanto você tem disponível para os gastos do casamento, vá cortando os ítens dispensáveis e investindo em itens mais importantes ou essenciais.

Data e local

Em muitas cidades, conseguir uma data que combine com o local desejado não é uma tarefa fácil. Quanto antes o casal conseguir decidir sobre a data e local do casamento, melhor. É importante ter em mente que nem sempre é possível fazer a combinação ideal, portanto pensem em outras data e locais como segundo plano.

planejamento casamento

A primeira lista de convidados

Ao longo do planejamento do casamento algumas listas serão feitas. A primeira será a maior, onde os noivos devem colocar todo mundo que se queira convidar. Essa lista é mais para ter uma ideia do tamanho do casamento, para servir de base para decidir outros fatores.

Também nessa etapa é interessante que os noivos já pensem quem serão os possíveis padrinhos.

 

-> Planejamento de casamento – 6 meses antes

Pente fino na lista de convidados

Agora é hora de reler com calma a lista de convidados e pensar se é realmente necessário convidar certas pessoas. Vá atrás de informações se parentes que moram longe poderão comparecer, se amigos vão viajar, se aquela amiga da sua mãe ou aquela prima que você não fala há mais de 2 anos precisam mesmo ser convidadas.

Tente enxugar a lista o máximo possível. Feito isso, também entrem em um consenso e decidam a respeito dos padrinhos do casamento.

planejamento casamento

O cerimonialista

Se você observa de longe, pode parecer que o cerimonialista é dispensável, mas se os noivos não trabalham e não tem nenhum tipo de experiência no ramo, a contratação de um cerimonialista é fundamental.

Saiba que existem 2 opções de serviço cerimonial, o total e o parcial. A escolha entre as opções de serviço vai depender do tempo, disposição e orçamento dos noivos. Se optarem pelo cerimonial total, o profissional escolhido fará todo o acompanhamento da organização do casamento, cuidando de todos os detalhes. Já no serviço parcial, esse serviço ocorre em colaboração com os noivos, onde estes ficam responsáveis pelos produtos e serviços, enquanto o cerimonialista fica responsável pelo momento da cerimônia e festa.

Peça indicações para escolher o seu cerimonialista e esteja sempre em contato com ele para que tudo saia como você imagina.

 

Aguarde pela parte II que sai na próxima semana! Enquanto isso, não deixe de acompanhar nossas postagens no FacebookInstagram e Pinterest.