Deixar o aniversário do filhote passar em branco não é uma alternativa, certo? Porém, isso não significa que você precisa estourar o orçamento para lhe proporcionar um dia incrível.

E se a data especial já está chegando e você, papai ou mamãe, não sabe como conciliar as finanças com a realização da festinha para o (a) pequeno (a), confira a seguir 9 dicas para economizar ao organizar uma festa infantil.

  1. O orçamento é esse? Siga-o até o fim

Se você estabeleceu R$5 mil, R$2 mil ou R$500 para a realização da festinha infantil, não importa. O importante é seguir, do começo ao fim do planejamento, com opções que você possa bancar. E isso envolve tudo: docinhos e salgadinhos, pratos, copos e talheres, decoração, local e assim por diante. Sendo assim, mantenha o controle sobre os gastos, fazendo uma listinha com cada um deles.

  1. Cardápio simples é o preferido dos baixinhos

Uma festa infantil tem, predominantemente, convidados crianças. E sabe do que eles gostam mesmo? Salgadinhos e docinhos, nada muito requintado. Sendo assim, ao invés de quebrar a cabeça na tentativa de oferecer um cardápio diferenciado, aposte no básico e que você tem certeza de que todos vão adorar.

Para salgadinhos, as clássicas coxinhas, mini pizzas, pasteizinhos e mini cachorro quente são os preferidos. Já entre os doces, quem sempre vence são os brigadeiros. Simples e delicioso, não é mesmo?

  1. Que tal economizar nos convites?

Na era digital em que vivemos atualmente, gastar uma fortuna com os convites impressos já não tem tanto valor. E o pior: a grande maioria deles acabará no lixo. Sendo assim, porque não apostar em convites digitais? Além de serem muito mais fáceis de fazer, eles também são hiper econômicos. Você mesmo pode enviá-los: seja por e-mail ou até mesmo pelas redes sociais.

  1. Na hora de pensar nas lembrancinhas…

Alguns optam pelos clássicos pacotinhos com doces, enquanto outros pais acabam se rendendo às lembrancinhas personalizadas (que podem sair um pouco do orçamento destinado à festa). Na hora de escolher as lembrancinhas para a próxima festa infantil do filhote, que tal inovar?

Presentear com álbuns de figurinhas (ou até mesmo com alguns pacotinhos, caso a maioria das crianças já os tenham) ou com um kit simples com lápis de cera e material para colorir podem ser boas opções. O que acha? Além disso, as bolhas de sabão também são ótimas escolhas – e podem ser encontradas por um precinho bem amigável!

  1. Planeje, antecipadamente, as distrações da festa infantil

Ao invés de contratar profissionais para animar a festa, que tal garantir a diversão com a ajuda de outros adultos? Um teatrinho de fantoches com os tiozões, uma apresentação de dança das primas ou demais brincadeiras clássicas, como corrida do saco, dança das cadeiras, cabra cega e pintura de rostos são tão adoradas quanto – e você não vai precisar gastar quase nada para organizá-las.

Outras ideias interessantes são: criar uma ‘oficina’ para a confecção de máscaras ou um ‘estúdio de maquiagens temporárias’. O que acha?

  1. Prefira um bolo de sabor simples

Além de sair mais em conta, as chances de que todas as crianças gostem são maiores. Do que estamos falando? Dos bolos com sabores simples e conhecidos pelo paladar de todos nós.

Um bolo com frutas, ameixa, passas ou algo mais requintado pode não chamar muito a atenção dos pequenos. Por outro lado, os recheios simples são os campeões: brigadeiro, dois amores, leite condensado, chocolate e até mesmo doce de leite. Além de deliciosos, eles também são os mais simples para fazer ou encomendar.

  1. Determine um horário para o fim da festa

As festas infantis contam com um tempo ideal: entre 3 a 4 horas. Depois disso, as crianças começam a ficar entediadas. Para evitar que isso aconteça, que tal estabelecer um horário para o final da festa?

Se a festa começar às 14h, por exemplo, faça-a até às 18h. Já as festinhas infantis iniciadas às 17h podem se prolongar até às 21h – que é quando os pequenos também já estão cansados e morrendo de sono.

  1. Economize em alguns aspectos da decoração

É claro que o painel, os balões e a decoração de mesa são fundamentais para uma festinha infantil interessante. Mas nem todos os detalhes precisam ser levados a sério. Se a festa for tematizada com algum personagem infantil, será que realmente vale a pena comprar todas as toalhas e forros com o personagem, ou algo mais simples (como com a cor predominante do desenho) já é o suficiente? O nosso voto você já imagina: na segunda opção!

  1. Quem você vai convidar?

Ao invés de chamar todo mundo do trabalho, da escolinha do seu filho ou da faculdade, chame apenas as pessoas mais próximas e que você realmente quer ver por lá.

Lembre-se de que não há a necessidade de convidar a família por completo – mas só os membros que você faz questão de que estejam na festa.